Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você mantém a tradição de frequentar bailes com marchinhas de carnaval?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

12/09/2019

Acusado de feminicídio em Rio Preto é preso em Penápolis

Imagem/RafaelMachi
Detalhes Not�cia
Acusado de matar jovem em Rio Preto foi preso por policiais rodoviários em Penápolis quando tentava fugir

DA REPORTAGEM

A Polícia Rodoviária de Penápolis prendeu um homem de 38 anos acusado de matar a jovem Daira Nogueira dos Santos, de 22 anos, em São José do Rio Preto. A prisão do acusado ocorreu no início da tarde desta quarta-feira (11) quando o homem fugia em uma motocicleta pela rodovia Assis Chateaubriand (SP 425), em Penápolis. Ele confessou o crime.
Segundo o que foi apurado pela reportagem do DIÁRIO, policiais militares rodoviários faziam patrulhamento de rotina quando foram informados pela Polícia Civil de Rio Preto que o suspeito de cometer um feminicídio naquela cidade havia fugido e que tinham a informação que ele seguia pela rodovia.
Com a informação, os policiais conseguiram identificar e abordar o suspeito, que conduzia uma motocicleta Honda Fan, cor preta, placa de Rio Preto. Ele confessou aos policiais que havia matado uma pessoa e que estava fugindo para o Paraguay com a motocicleta.
Com a informação, o acusado foi conduzido ao 1º Distrito Policial de Penápolis para prestar mais esclarecimentos. Policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) de Rio Preto estiveram na cidade e acompanharam a prisão do acusado, que foi conduzido posteriormente, para São José do Rio Preto para continuidade das investigações. 

Crime
A Delegacia de Defesa da Mulher de São José do Rio Preto já vinha investigando o desaparecimento de Daira. Um boletim de Ocorrência chegou a ser registrado pela família da vítima. Segundo consta, a jovem desapareceu na última segunda-feira (9) quando saiu de casa, por volta das 18h30, para ir a um shopping com uma amiga. Depois disso, ela não teria sido mais vista.
Colegas da vítima disseram que ela poderia ter ido para Catanduva com um amigo, sendo este o acusado de ter a matado.
Segundo o que foi apurado pela reportagem, com a suspeita, policiais civis passaram a investigar o suspeito. Durante as investigações os policiais descobririam que ele havia fugido com a motocicleta e que estaria indo em direção ao estado do Paraná pela rodovia. Imediatamente os policiais informaram as demais polícias do Estado, sendo o acusado preso em Penápolis.

Confissão
Ao ser detido, ele confessou que havia matado a jovem e que havia jogado seu corpo em um rio. Ainda de acordo com o que foi apurado, o corpo de Daira foi encontrado no fim da tarde de ontem próximo a Rio Preto, entretanto, a Polícia Civil não havia divulgado mais informações. O caso continua sendo investigado.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.