Classificados

VÍDEOS

Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

17/11/2006

Acidente: Avião impedido de abastecer em Penápolis cai no MS

Detalhes Not�cia

Um avião monomotor Cesna, modelo 210, prefixo PT-JUF, caiu no final da tarde de terça-feira no município sulmatogrossense de São Gabriel do Oeste, a 149 quilômetros de Campo Grande, após ter sido impedido de completar o abastecimento no aeroclube de Penápolis. Segundo o site Campo Grande New, horas antes o piloto, que mesmo com a queda conseguiu fugir, havia descarregado 200 quilos de cocaína no município paulista de Rio das Pedras.

O entorpecente teria sido jogado em um canavial próximo a uma pista clandestina onde estava previsto o pouso do avião, cujo piloto percebeu a presença de policiais federais e fugiu em direção a outras cidades próximas.

Naquele local houve troca de tiros entre os policiais e pessoas que estavam em uma caminhonete Montana, que colidiu com uma das viaturas da PF e fugiu. O avião seguiu então para Penápolis para abastecer onde foi interceptado por policiais militares, que haviam sido informados da possível descida na cidade, mas interrompeu o abastecimento e conseguiu fugir em direção a Buritama e Guararapes, onde mais uma vez não conseguiu pousar devido à ação da polícia.

Em Penápolis os policiais atiraram em direção a aeronave, mas a informação é de que não tinham certeza se os tiros acertaram o monomotor. Um avião da polícia decolou de Birigüi para tentar evitar a fuga, mas não conseguiu. A informação era de que o monomotor seguiria para Mato Grosso do Sul, onde caiu devido à falta de combustível. Em São Gabriel, a polícia identificou o piloto como sendo Marcelo Coelho de Souza.

Na região da pista clandestina de Rio das Pedras, em Capivari, cidade próxima a Piracicaba (SP), a PF deteve o pai de um dos suspeitos de envolvimento no esquema. Ele foi localizado em uma chácara onde os policiais encontraram US$ 50 mil, um aparelho de comunicação com aviões e duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38. A droga ainda não foi localizada e nenhum dos suspeitos foi preso. Após ter sido socorrido por moradores da fazenda Santa Fátima no distrito de Areado em São Gabriel, o piloto desapareceu.

Ele foi levado para área urbana para atendimento médico devido às escoriações, mas não deu entrada em nenhum dos hospitais. Um morador que o socorreu disse que encontrou em uma lata de graxa deixada por Souza com moradores US$ 709.930,00 e R$ 10 mil. O piloto disse que voltaria para buscar a lata. Há suspeitas que ele trabalhe para um produtor rural da região, que seria o dono do avião.

A Polícia Federal, de acordo com a reportagem no Campo Grande New, depositaria a quantia ainda ontem em uma conta no Banco do Brasil para ficar à disposição da Justiça. As investigações estão sendo feitas em conjunta com a PF. (SRF)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade