Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

03/10/2015

Ações em escolas valorizam educação e solidariedade

DA REPORTAGEM

As escolas estaduais Adelino Peters, de Penápolis e Maria Eunice Martins Ferreira, de Avanhandava se destacaram nesta semana através de ações que demonstram o desenvolvimento educacional de seus alunos e também a solidariedade deles. Os projetos desenvolvidos tratam de uma mostra cultural promovida pelos alunos da escola Adelino Peters e a arrecadação de lacres de latinhas que foram doadas para o Hospital do Câncer de Barretos feita pelos alunos de Avanhandava.  Em relação à EE Adelino Peters, foi realizada nesta semana a sua 1ª Mostra Cultural e Científica que reuniu trabalhos interdisciplinares dos alunos em todas as disciplinas, sob a coordenação da Equipe Gestora e todos os professores da escola, as apresentações e exposições foram coordenadas pelos docentes e pelos alunos dos Ensinos Fundamental e Médio. A abertura oficial ocorreu na última quarta-feira (30) e a exposição se estendeu até ontem com a participação dos próprios alunos das escolas e também contando com a participação de alunos de outras escolas da cidade que foram convidadas a prestigiar a mostra.  De acordo com a diretora, Angélica Silva Lima, a exposição visa o envolvimento da escola com a comunidade, mostrando parte do conteúdo pedagógico trabalhado em sala de aula por cada turma. “A exposição é o resultado pedagógicos dos nossos alunos, mostrando para todos os interessados e envolvidos o nosso trabalho em todo ano letivo. Trata-se da reiteração do compromisso que a escola tem com a melhoria do processo de ensino e da aprendizagem dos alunos”, afirmou.
Na oportunidade, o Dirigente Regional de Ensino de Penápolis, Lucinei Aparecido Euzébio, parabenizou todos os envolvidos no trabalho. “Parabenizo e me congratulo com essa iniciativa da EE Adelino Peters, certamente um exemplo de mobilização que envolve toda a Comunidade Escolar em prol da aprendizagem dos nossos alunos”, ressaltou. A Mostra Cultural e Científica da escola está inserida em um conjunto de ações e atividades do projeto “Adelino por Todos, Todos pelo Adelino” que visa a mobilização da Comunidade Escolar em prol da melhoria educacional de todos os alunos. 

Solidariedade
Os alunos da EE Professora Maria Eunice Martins Ferreira, de Avanhadava, se solidarizaram com o trabalho feito pelo Hospital do Câncer de Barretos. Os alunos, professores, coordenadores e a comunidade passaram a juntar lacres de latinhas e em troca doarão uma cadeira de rodas para o hospital. A arrecadação já dura cerca de dois meses e até o momento já foram arrecadas cerca de 80 garrafas pet de dois litros, cheias de lacres. Para que a meta seja alcançada serão necessárias 116 garrafas. Segundo o vice-diretor da escola, Luiz Claudio Tonchis, a ação o surpreendeu pelo envolvimento de alunos e da comunidade. “Fiquei surpreso com esse movimento que gerou aqui na escola. Os alunos estão fazendo isso por uma questão social e é isso que transforma e educa. Nós acreditamos que a educação vem pelo exemplo e pela construção da cidadania. Os alunos são os protagonistas dessa ação”, comentou o diretor emocionado. De acordo com o que foi informado pela escola, a iniciativa partiu do exemplo do professor mediador João Rodnei, que já vinha juntando lacres de latinhas para ajudar o hospital. A iniciativa chamou a atenção dos alunos, que também aderiram à causa, que foi batizada como ‘Eu ajudo no Lacre’. “É muito bonito ver como tudo aconteceu tão rápido. Eu me emociono, porque eu vinha caminhando sozinho com a minha sacolinha juntando meus lacres e, de repente, eu vejo um bairro inteiro ajudando. Além de ajudar um hospital, a gente faz a conscientização sustentável. Eu trouxe uma cadeira de rodas de um outro movimento que participo, para incentivar os alunos a trazerem mais lacres e como resposta já falaram que não vão parar quando conseguirem a primeira cadeira, ampliando o projeto”, finalizou. 

(Rafael Machi/com informação DE Penápolis)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.