Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

11/04/2014

‘Atividade Delegada’: Ricardinho Castilho reforça pedido para projeto

Imprensa/Câmara
Detalhes Not�cia
Vereador Ricardinho Castilho deverá participar de audiência na Secretaria de Segurança Pública para tratar o programa Atividade Delegada para Penápolis

A Câmara Municipal , por iniciativa do vereador Ricardinho Castilho (PV), requereu segunda-feira à administração municipal e ao comando da Polícia Militar de Penápolis, informações  em defesa da implantação da atividade delegada no município, programa em que os policiais trabalham nos seus dias de folga com pagamento pela prefeitura. Documento elaborado pelo parlamentar questiona quais ações ocorreram junto à Secretaria Estadual de Segurança Pública para a assinatura do convênio. Ricardinho Castilho considera que a atividade delegada proporcionará expressivo benefício à segurança pública. “Pelo programa, os policiais trabalham fardados, com armamento e uso das viaturas. Atuam na fiscalização do  Código de Posturas  do Município, o que inclui fiscalização da alta do som  de propagandas sonoras, funcionamento de bares e lanchonetes, utilização irregular de calçadas, além de suporte de segurança em eventos”, diz o vereador no requerimento. Em repercussão na tribuna da Câmara Municipal, ele  informou que deverá tratar o projeto da atividade delegada  em audiência a ser marcada pela deputada estadual Regina Gonçalves  na Secretaria Estadual de Segurança Pública.
O vereador Francisco José Mendes, o Tiquinho (PSDB), citou  casos de roubos  registrados na região da Vila Formosa e opinou que a Atividade Delegada contribuirá muito para a segurança pública.
O vereador José Santino, o Zezinho (PT), afirmou que o governo paulista deveria contratar mais policiais e aumentar a remuneração da categoria, de forma a permitir que eles possam descansar no período de folga e não trabalhar para complementação dos baixos salários.
O vereador Zeca Monteiro (PT),  reforçou defesa pelo aumento do efetivo. “Mas enquanto isso não acontece, que ocorra urgentemente o projeto da atividade delegada”, afirmou o petista.
O projeto Atividade Delegada foi implantado inicialmente na capital de São Paulo em 2009. O convênio para o serviço já foi adotado em mais de 35 municípios. Em Penápolis, a parceria tem também antiga defesa do vereador Nardão Sacomani (DEM).

Imprensa/Câmara

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade