Classificados

VÍDEOS

Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

GERAL

26/11/2023

Rio Preto, Araçatuba e Presidente Prudente terão, juntas, mais de 1,1 mil unidades no Minha Casa, Minha Vida

Divulgação/ GovBR
Detalhes Not�cia
Anúncio foi feito pelo Ministério das Cidades; os prefeitos decidirão se serão construídas casas ou apartamentos

São José do Rio Preto, Araçatuba e Presidente Prudente, no Estado de SP, receberão juntas em 2024, mais de 1,1 mil propriedades no programa Minha Casa, Minha Vida. O anúncio foi feito pelo ministro das Cidades, Jader Filho, durante uma cerimônia no Palácio do Planalto, na última quinta-feira (23/11). O presidente Lula participou do evento.

Em Rio Preto, o secretário municipal de Habitação, Manoel Gonçalves, confirmou que a cidade terá 500 unidades habitacionais no programa. As obras devem ser iniciadas até o primeiro semestre de 2024.

Araçatuba terá 300 unidades; em Presidente Prudente serão 342. Os prefeitos deverão decidir se serão erguidas casas ou apartamentos.

O anúncio da 1ª Seleção de Propostas do Novo Minha Casa, Minha Vida (MCMV), é direcionado à Faixa 1 (FAR), para famílias com renda de até 2 salários-mínimos ou R$ 2.640,00.

Durante o evento, Jader Filho, mencionou que foram recebidos mais de 900 mil propostas para a construção de unidades habitacionais, evidenciando a grande procura pelo programa de unidades habitacionais.

“Essa é a primeira seleção. Teremos seleções em 2024, 2025 e 2026. Essas propostas serão consideradas, e o programa vai atender às famílias que querem realizar o sonho da casa própria.”

Na ocasião, foram divulgadas as 187,5 mil unidades habitacionais selecionadas, distribuídas em mais de 1,2 mil empreendimentos, beneficiando 560 municípios por todo o Brasil. Dessas unidades, 184 mil estão destinadas a famílias cadastradas em programas habitacionais, abrangendo todos os estados brasileiros.

As 3 mil restantes serão direcionadas a famílias que perderam seus únicos imóveis por emergências, situações de calamidade pública ou devido à realização de obras públicas federais nos estados do AC, AM, PE, RS e SP.

(Com informações do Ministério das Cidades)

VEJA TODAS AS NOT�CIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade