Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você tem respeitado a quarentena e ficado em casa neste período de pandemia?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

GERAL

24/02/2020

Homem é preso por embriaguez após fugir de bloqueio na Rondon

Foto: Reprodução/Jorna da Cidade de Bauru
Detalhes Not�cia
Maiara Camargo Pedroso, 23 anos, morreu em capotamento na madrugada de domingo

Um autônomo de 47 anos, morador no bairro Amizade, em Araçatuba (SP), foi preso na noite de domingo (23) por embriaguez ao volante, após fugir de bloqueio da Polícia Militar Rodoviária na rodovia Marechal Rondon (SP-300).
Ele conduzia um VW Gol e só foi abordado na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), com apoio de outras viaturas.
Segundo o boletim de ocorrência, policiais faziam fiscalização referente ao Carnaval no quilômetro 535 da Rondon e deram ordem de parada ao acusado.
Porém, ele trocou de pista e acelerou, desrespeitando a ordem. Teve início o acompanhamento e com ajuda de outras viaturas, ele foi detido no quilômetro 42 da Elyeser.

Resistiu
Segundo a polícia, o autônomo resistiu e acabou sofrendo um ferimento no rosto. Após se acalmar, ele concordou em fazer o teste do bafômetro e que apontou 0,65 miligrama de álcool por litro de ar alveolar.
O volume é praticamente dobro do limite para a prisão em flagrante, que é 0,33 miligrama.
O acusado foi apresentado no plantão policial e teve a prisão confirmada pelo delegado plantonista. Não foi arbitrada fiança porque ele responderá também por resistência e desobediência e as penas somadas ultrapassam 4 anos de prisão.

Fiscalização
A Polícia Militar Rodoviária lembra aos motoristas que está em regime de prontidão em toda a malha viária paulista com a Operação Carnaval Mais Seguro 2020.
São mais de 3,5 mil policiais militares e de 800 viaturas policiais atuando principalmente no combate à embriaguez ao volante, que é considerada uma das infrações de trânsito que mais atentam contra a preservação da vida.
Entre sexta e a manhã de domingo, mais de 40 mil motoristas haviam sido submetidos ao teste do bafômetro no Estado. Desse total, 1.548 foram autuados, o que corresponde quase 4%, e 21 presos em flagrante por embriaguez ao volante.

Morte
Na região de Araçatuba não foi registrado nenhum acidente grave nas estradas neste Carnaval até a manhã desta segunda-feira, segundo a Polícia Militar Rodoviária.
Em Barra Bonita, município na região de Bauru e que fica a 273 quilômetros de Araçatuba, uma jovem de 23 anos morreu em um capotamento que deixou outros quatro feridos na madrugada de domingo (23).
Maiara Camargo Pedroso morava em São Manuel, segundo reportagem do Jornal da Cidade de Bauru, e voltava com amigos do Carnaval na cidade de Torrinha.
Ela era passageira de um GM Ônix que capotou na rotatória da vicinal Orlando Chesin Ometto, que liga Barra a Mineiros do Tietê. Outra jovem de 22 anos teve ferimentos graves e foi encaminhada para a Santa Casa de Jaú.

Embriaguez
Segundo o que foi divulgado pela Polícia  Militar Rodoviária de Jaú, o condutor do carro foi levado para delegacia após receber atendimento médico.
Ele estava com a habilitação suspensa e teste do bafômetro apontou 0,37 miligrama de álcool por litro de ar alveolar.
Preso em flagrante por embriaguez, o acusado obteve a liberdade provisória em audiência de custódia no final da manhã de domingo.
Ele deve responder por homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo e embriaguez ao volante.

Multa
A multa para o motorista flagrado na direção de veículo após ingerir bebida alcoólica ou sob influência de qualquer outra substância psicoativa é de R$ 2.934,70. O valor é o mesmo em caso de recusa ao teste do bafômetro.
O motorista ainda responde administrativamente, tem a habilitação recolhida e pode ter o direito de dirigir suspenso por 12 meses.
Em caso de reincidência, as multas sobem para R$ 5.869,40. Se comprovado o crime de embriaguez ao volante, a pena prevista é de 6 meses a 3 anos de prisão.

(Com Lázaro Jr. - Araçatuba - Hojemais.com.br)

VEJA TODAS AS NOT�CIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.