Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

28/02/2020

Valdir Espinosa não resiste a infecção e morre aos 72 anos

Imagem/Divulgação
Detalhes Not�cia
O ex-treinador estava internado havia uma semana em um hospital no Rio de Janeiro

Morreu na manhã de ontem, 27, o coordenador técnico do Botafogo, Valdir Espinosa, aos 72 anos. O ex-treinador estava internado havia uma semana em um hospital no Rio de Janeiro para tratar uma infecção intestinal e teve complicações pós-operatórias. Gaúcho, como era conhecido, teve uma carreira vitoriosa como treinador. O ex-lateral-direito conquistou mais de 15 títulos, com destaque para a Libertadores e Mundial de Clubes com o Grêmio em 1983. Espinosa também é figura marcante no Botafogo. Ele foi o técnico que tirou o jejum de 21 anos do Glorioso, com os títulos da Taça Rio e Carioca em 1989. Nesta temporada, Valdir tinha o cargo gerente de futebol no clube carioca. Valdir Espinosa também coleciona passagens internacionais. Clubes como Cerro Porteño, do Paraguai, Al-Hilal, da Arábia Saudita, Tokyo Verdy, do Japão, e Las Vegas City, dos Estados Unidos, foram comandados por ele. O Botafogo abriu o Salão Nobre de General Severiano para o velório do ídolo. 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2022 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade