Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

04/12/2007

Torcedora símbolo do Corinthians esperava queda para a Série “B”

Detalhes Not�cia

“O Corinthians não caiu contra o Grêmio. Nesse jogo o resultado até foi aceitável. Na verdade, a queda para a Série “B” do Campeonato Brasileiro foi construída ao longo do ano com os desmandos da diretoria e um mar de lama que se transformou o time do Parque São Jorge.” A opinião é da Tia Irene Corintiana, 72 anos, considerada a torcedora símbolo do Timão em Penápolis.

Ela confirmou que ficou muito aborrecida com o fracasso do time que ama desde criança, mas, que moralmente o Timão não merecia melhor sorte, já que não teve planejamento, não foi competitivo e não contou uma diretoria capaz de evitar o pior. Ela revelou que a culpa não pode ser jogada nas costas dos jovens jogadores que foram para o sul e questionou o grande número de atletas que ficaram no departamento médico, algum deles experientes, como Gustavo Nery, que alegou contusão para não atuar. Tia Irene também criticou o ex-presidente Alberto Dualib, que entre outras coisas, não explicou que fim levou o dinheiro referente a terceira parcela da venda do meio-campista Marcelo Mattos.

Apesar da tristeza pelo fim melancólico do Timão na temporada, Tia Irene revelou que vai continuar torcendo pelo alvi-negro. “O Corinthians é como uma tatuagem que está em meu coração e não tem como tirar”, disse.

Ela espera que uma reformulação total seja implementada no Corinthians para que no próximo ano ele possa retornar a Série “A”. “Com muita fé, amor e carinho, acredito no ressurgimento do Timão”. “Os corintianos estão chorando, porém essas lágrimas poderão se transformar em escada para uma volta por cima”, concluiu.

 

Comemoração

Os torcedores do São Paulo e do Santos foram os que mais vibraram com o descenso do Corinthians. Os são-paulinos, além da queda do arqui-rival, comemoraram o título brasileiro, já os santistas brindaram o vice-campeonato. Os palmeirenses, de forma mais discreta e entristecidos pela não classificação para a Copa Libertadores, também comemoraram. O palco da festa foi a avenida Leandro Ratisbona de Medeiros. Nenhum incidente foi registrado no local.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade