Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

22/05/2020

São Paulo é o estado brasileiro com mais clubes de futebol profissional

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
Das 650 equipes do Brasil que disputaram alguma divisão de campeonato estadual ou nacional em 2019, 89 estão no território paulista

De acordo com um estudo da Pluri Consultoria, empresa focada em consultoria de gestão, finanças e marketing esportivo, o estado brasileiro com mais clubes de futebol profissional é São Paulo. Das 650 equipes do Brasil que disputaram alguma divisão de campeonato estadual ou nacional em 2019, 89 estão no território paulista. O número é superior ao dos estados do Rio Grande do Norte, Alagoas, Amazonas, Tocantins, Piauí, Acre, Rondônia e Roraima juntos. Atrás de São Paulo, o Rio de Janeiro é a unidade de federação com mais clubes profissionais, 66, seguida do Rio Grande do Sul, com 41, e Minas Gerais, que possui 40. Amapá, com 5 clubes, e Roraima, com 6, são os estados que contaram com menos equipes disputando, ao menos, alguma competição profissional em 2019. São Paulo também é líder no quesito de taxa de utilização do calendário anual de futebol brasileiro. Em média, os clubes paulistas estão em atividade em 53,1% do período. Em contrapartida, a média de todos os clubes brasileiros é de 35%. O estado de São Paulo também é o maior em número de cidades com ao menos um clube profissional em atividade. São 66 no total, mais que o dobro do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, ambos com 31. Por outro lado, as unidade de federação com maior percentual de municípios com clubes profissionais em atuação são o Distrito Federal (100%), Rio de Janeiro (33,7%) e Sergipe (28%). São Paulo tem clubes profissionais em apenas 1 de cada 10 de seus municípios e está em 11º lugar no quesito, com 10,2%. Dentre as análises feitas pela Pluri Consultoria, o ranking onde São Paulo está pior é o de número de clubes profissionais por milhão de habitantes. Com 1,94, o território paulista possui o terceiro menor número e está na frente de Minas Gerais, com 1,89, e Bahia, 1,08, estando atrás até da média brasileira de 3,09. São Paulo volta para a liderança no ranking de bilhão de R$ de PIB por número de clubes profissionais. São R$ 23,82 bilhões de reais para cada equipe que disputou alguma competição profissional em 2019. A Bahia, segunda unidade de federação no quesito, possui o número de R$ 16,79 bilhões por time.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.