Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você mantém a tradição de frequentar bailes com marchinhas de carnaval?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

06/09/2019

Seleção Brasileira terá força máxima contra a Colômbia

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
Tite deve colocar em campo sua formação mais poderosa no amistoso desta sexta-feira

Desde o fim da Copa do Mundo, Tite tem utilizado as datas Fifa destinadas a amistosos para oportunizar – um de seus verbos favoritos – o maior número possível de convocados. Não deverá ser diferente nos duelos da seleção brasileira contra Peru, a quem venceu na final da Copa América, e Colômbia, “adversária imaginária”. Nas simulações de Tite depois do sorteio, o Brasil disputaria o título com os colombianos. O técnico não se esquece de como foram difíceis os confrontos pelas eliminatórias. Logo no segundo jogo no cargo, viu Coutinho e Neymar, ambos no auge, construírem o gol da vitória por 2 a 1 na reta final. Um ano depois, empate na encalorada Barranquilla. Resignada com a dificuldade de enfrentar times europeus nos amistosos, a comissão técnica há tempos deseja medir forças com a Colômbia. Até por isso, deve colocar em campo sua formação mais poderosa no amistoso desta sexta-feira, 6, às 21h30, em Miami. Dia 10, em Los Angeles, no terceiro jogo diante dos peruanos em menos de três meses, a Seleção vai aproveitar para dar minutos aos atletas menos escalados. Trata-se de um adversário que já exigiu dos titulares tudo o que podia. Essa é uma das metas da viagem aos Estados Unidos: permitir que nomes como Militão, David Neres, Paquetá, e outras peças valiosas para o ciclo até 2022 acumulem mais tempo de jogo. Da formação campeã da Copa América, somente três titulares não estão convocados: Alisson (machucado), Everton (o Grêmio disputa a semifinal da Copa do Brasil) e Gabriel Jesus (suspenso e também lesionado). Ederson entrará no gol e Neymar voltará à equipe na vaga de Everton, resta saber se aberto pela esquerda ou mais centralizado. Tite cogita uma nova função para seu camisa 10. Richarlison e David Neres despontam como favoritos a substituir Jesus, mas isso também passa pela decisão de onde acomodar Philippe Coutinho. Dessa forma, contra a Colômbia, Tite poderá ter Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro, Casemiro, Arthur, David Neres (Richarlison), Neymar, Coutinho e Firmino.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.