Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

16/10/2020

Santos recebe proposta do Al Hilal por Soteldo

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
O Alvinegro não descarta vender Soteldo, até porque deve ao Huachipato, do Chile, por sua contratação

O Santos recebeu uma proposta de 6 milhões de dólares (R$ 33,5 mi) do Al Hilal, da Arábia Saudita, por Yeferson Soteldo na última sexta-feira. A oferta foi recusada. O Al Hilal ofereceu 4 milhões de dólares agora e 2 milhões de dólares em outubro de 2021. Com o "não" do Peixe, os árabes prometem aumentar para pelo menos 7 milhões de dólares (R$ 39 mi) nos próximos dias. O Alvinegro não descarta vender Soteldo, até porque deve ao Huachipato, do Chile, por sua contratação. O presidente em exercício Orlando Rollo tenta um acordo com a equipe após o presidente afastado José Carlos Peres não pagar um real sequer. O Santos prometeu adquirir 50% dos direitos econômicos em 2019 por 3 milhões de dólares. Quando o Atlético/MG fez proposta neste ano, o Peixe se comprometeu a pagar os 50% atrasados mais os demais 50% por 6 milhões de dólares. O total, com juros e correção, está em quase 12 milhões de dólares (R$ 67 mi). O Huachipato, porém, obteve vitória na Fifa referente ao primeiro "calote" de 2019 - o Alvinegro está impossibilitado novamente de registrar jogadores. A segunda negociação ainda não foi julgada pela federação internacional. O Santos entrou em contato com o Huachipato por meio de videoconferência na última terça-feira, mas não houve avanço por acerto com o clube chileno até o momento. O presidente do Conselho Deliberativo do Santos, Marcelo Teixeira, marcou o próximo encontro virtual para a próxima quarta-feira, 21 de outubro. A reunião terá dois assuntos principais: o contrato de Robinho e o parecer da Comissão Eleitoral com apresentação de empresas de plataforma e auditoria com o objetivo de viabilizar o voto à distância para a eleição marcada para 12 de dezembro. "São os prazos e trâmites estatutários. Poderia ser na terça-feira, mas o Santos joga pela Libertadores (contra o Defensa y Justicia). Temos também que aguardar a ata da reunião anterior para a aprovar a próxima", explicou Marcelo Teixeira.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.