Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

23/06/2020

Retorno de estaduais se torna problema para equipes das Séries A-2 e A-3

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
O São Bernardo é o atual líder do Campeonato Paulista da Série A-2

Enquanto os clubes da Série A-1 do Campeonato Paulista estão se preparando para retornar aos treinos e as equipes das Séries A-2 e A-3 devem aguardar mais um bom tempo para voltar às atividades, outros estaduais estão em estágio avançado em relação à retomada dos jogos. Esse “atraso” das divisões inferiores do Estado de São Paulo em relação ao restante do país pode se tornar um pesadelo aos clubes. Com a flexibilização das medidas de combate à pandemia do novo coronavírus, alguns Estados, além de São Paulo, já permitiram o retorno dos treinamentos presenciais, como Rio Grande do Sul, Bahia, Minas Gerais, Ceará, entre outros. No Rio de Janeiro, o Carioca voltou, enquanto Santa Catarina estipulou o começo de julho como data do recomeço do Catarinense. Os clubes das Séries A-2 e A-3, por sua vez, viram a grande maioria dos jogadores ficarem livres no mercado com o término dos contratos e aguardam uma definição da FPF quanto à retomada das competições para tentar recontratá-los. Mas, enquanto a entidade não define uma data, os jogadores estão se tornando alvos de equipes de fora do Estado. Vale ressaltar que um jogador não pode defender dois times diferentes em uma mesma edição do Campeonato Paulista, independentemente da divisão. Como as equipes das Séries A-2 e A-3 têm um bom investimento e consequentemente um nível maior do que muitos times que disputam a primeira divisão de outros estaduais, vários atletas conseguem clubes que participarão das Séries B, C e D do Campeonato Brasileiro para o segundo semestre. Diante da longa paralisação, algumas dessas equipes estão antecipando o planejamento e contratando atletas para a retomada do estadual, já pensando nos torneios nacionais. Destaque do São Caetano, Jean Dias, por exemplo, foi para o Criciúma, enquanto a Portuguesa perdeu o meia Bruno Mota e o lateral Léo Pereira para o Treze/PB. O lateral Toninho, do Sertãozinho, fechou com o Paraná. Já Léo Castro, artilheiro do Juventus, está na mira do América/RN, que também quer uma dupla de meio-campistas do Taubaté. Vice-artilheiro, Marcos Paulo deixou o Monte Azul para jogar no Boa Esporte, mesmo caminho de Gabriel de Souza. Goleador da Série A-3, o atacante Fabríciose despediu do Noroeste e vai defender as cores do Cuiabá. Com a Série A-2 tendo seu retorno previsto após a Série A-1, ou seja, depois de agosto, os clubes devem ter dificuldades para recontratar jogadores cobiçados por times que disputam uma divisão nacional. O mesmo deve acontecer com Série A-3, que de acordo com o presidente da FPF, só deve voltar em setembro ou outubro e pode ser disputada simultaneamente com a Copa Paulista.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.