Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

15/04/2021

Recopa: Palmeiras perde outra final nos pênaltis

Imagem/Getty Images
Detalhes Not�cia
Jogadores do Defensa y Justicia comemoram título da Recopa Sul-Americana

O Palmeiras ficou com o vice-campeonato da Recopa Sul-Americana na noite desta quarta-feira (14). Novamente no Mané Garrincha, o time alviverde perdeu nos pênaltis, após Luiz Adriano e Weverton desperdiçarem as suas cobranças. No tempo normal, o time argentino venceu por 2 a 1, com gol marcado nos minutos finais.

O jogo começou bem movimentado, com o Palmeiras buscando jogadas em velocidade para tentar surpreender. E foi justamente assim que saiu o primeiro gol. Raphael Veiga lançou Rony, que foi calçado por Meza, pênalti. O próprio meia foi para a cobrança e chutou rasteiro para superar Unsain, aos 22 minutos.

Apesar de estar na frente do placar, o Palmeiras continuou em cima, mas acabou sendo surpreendido aos 31 minutos. Pizzini recebeu dentro da área e cruzou baixo. Braian Romero chegou chutando para deixar tudo igual. A virada quase aconteceu aos 36. Weverton fez duas grandes defesas, nas tentativas de Braian Romero e Benítez.

No segundo tempo, o Palmeiras tentou 'cozinhar' o jogo, com exceção em uma tentativa de Rony, que obrigou Unsain fazer grande defesa. A situação ficou difícil quando Vína sofreu falta e, ao cair, deixou a perna em Frías. O lateral alviverde acabou expulso.

Gabriel Veron vinha sendo a válvula de escape do Palmeiras, mas Abel Ferreira optou por colocar o time na defesa, sacando o jovem atacante e colocando Felipe Melo e Alan Empereur no duelo. Patrick de Paula também deixou o jogo.

A decisão fez com que a partida se transformasse em ataque contra defesa. O time argentino foi com tudo para o ataque e achou o gol aos 47 minutos. Alan Empereur tentou corta, mas furou e entregou a bola para Benítez, que acertou um bonito chute para levar o duelo para prorrogação.

Prorrogação
No primeiro tempo, o Palmeiras usou o contra-ataque para tentar igualar o marcador e teve a chance de ouro. Rony recebeu dentro da área e acabou derrubado por Unsain, pênalti. Gustavo Gomez foi para a cobrança, mas ficou na defesa do goleiro. Antes da batida, uma confusão tomou conta do jogo e resultado na expulsão de Braian Romero.

Na etapa final, o Palmeiras foi com tudo para cima do clube argentino, pressionou, mas não conseguiu chegar ao gol. Com isso, o jogo acabou indo para os pênaltis.

Pênaltis
Nas cobranças, o Defensa y Justicia converteu todas as quatro que fez, enquanto que o Palmeiras viu Luiz Adriano chutar na trave e Weverton no travessão. Novamente, o time paulista caiu nos pênaltis em segunda final consecutiva. No domingo passado o Palmeiras perdeu para o Flamengo. (Com Futebol Interior)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade