Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

19/02/2021

Perto do Santos, Holan deve chegar com comissão técnica pequena e sem multa

O Santos está bem perto de fechar a contratação de Ariel Holan para substituir Cuca. E o argentino deve chegar com uma comissão técnica pequena e sem multa rescisória. A tendência é que Holan trabalhe com o auxiliar Juan Esparis e o preparador físico Facundo Peralta. O treinador levou o preparador de goleiros Juan José Fariello à Universidad Católica (Chile), mas o responsável pela função no Peixe é Arzul, uma unanimidade. Dessa forma, apenas dois podem vir além do comandante. A comissão técnica de Ariel Holan custará cerca de R$ 100 mil a mais que Cuca e sua equipe (R$ 470 mil). E o contrato não deve ter multa rescisória. O Alvinegro sofre com pagamentos de treinadores antigos. Um dos detalhes finais para a chegada de Holan é o tempo de contrato: dois ou três anos. De qualquer forma, o Santos vê o profissional capaz de ficar até o fim da atual gestão, em dezembro de 2023. A multa para rescindir com a Católica é de 110 mil dólares (R$ 595 mil). Ariel Holan estava no topo da lista do Peixe desde o início da procura por um técnico, há duas semanas. A pedida inicial foi alta. Na sequência, o clube conseguiu um “desconto” e passou a avançar na negociação. O Santos analisou outras opções, como Hernán Crespo, Tiago Nunes e Beccacece. No caso de Crespo, o salário de mais de R$ 1 milhão inviabilizou qualquer papo e ele foi para o São Paulo. Com Nunes e Beccacece, a preocupação foi a mesma: o relacionamento com o elenco. Ambos têm histórico de problemas com atletas e colegas. Com Holan, o Peixe fica satisfeito por aliar projeto de futebol e bom convívio. Sair de Cuca, adorado pelos jogadores, para Tiago Nunes ou Beccacece poderia significar uma ruptura no dia a dia do CT Rei Pelé. Holan tem 60 anos e foi aprovado pelo departamento de futebol e pela análise de desempenho. O argentino começou no Defensa y Justicia em 2015 e passou por Independiente e Universidad Católica. Antes, foi auxiliar e desempenho e técnico de hóquei sobre a grama.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade