Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

29/07/2020

Palmeiras terá desfalques contra o Santo André

O Palmeiras se antecipou durante a quarentena ao montar um esquema de trabalhos físicos à distância com seu elenco, mas o cuidado da comissão técnica não evitou que, no reinício do Campeonato Paulista, o time tivesse uma série de desfalques. No último jogo, contra o Água Santa, foram três baixas por problemas musculares (o lateral-direito Mayke e os atacantes Gabriel Veron e Luan Silva) e um por concussão (o lateral-esquerdo Matías Viña, que teve um corte profundo após um choque de cabeça). O caso de Viña difere dos demais por se tratar de um acidente imponderável. Ele se machucou em uma disputa de bola pelo alto no clássico contra o Corinthians e passou o dia seguinte em observação no hospital. Sua presença é incerta até mesmo para o restante da competição. Os problemas musculares surpreendem pela rapidez com que surgiram. O Palmeiras previa um aumento do número de lesões devido ao tempo de paralisação – tanto é que se reforçou com um grupo de apoio de jogadores das divisões de base –, mas a partir do momento em que houvesse muitas partidas em sequência. Não tão cedo. Outros desfalques já se apresentavam anteriormente, porém. Antes de se machucar, Gabriel Veron treinava como titular para enfrentar o Corinthians, por conta da inesperada punição aplicada pela Fifa a Rony – o atacante contratado neste ano foi suspenso por quatro meses por uma antiga quebra de contrato com o Albirex Niigata, do Japão, seguida do acerto com o Athletico/PR. Quando o garoto se machucou, o técnico Vanderlei Luxemburgo se viu, de repente, sem o titular e também sem o substituto imediato. De última hora, porém, o departamento jurídico obteve efeito suspensivo, e Rony tem sido escalado novamente. O Palmeiras, porém, tratou de pedir ao Cruzeiro o retorno de Iván Angulo, jovem colombiano comprado em 2019 e que ainda não tem nenhum jogo como profissional com a camisa alviverde. A seca no ataque começou com o maior desfalque até o momento, fruto da negociação de Dudu, principal jogador do elenco, com o Al Duhail. Como já reconheceu Luxemburgo, é preciso encontrar uma maneira de voltar a encaixar as peças do sistema ofensivo agora sem aquele que desequilibrava na frente. Atrás, a solução para a ausência de Gustavo Gómez, principal zagueiro do elenco, tem sido contornada com a escalação de Vitor Hugo. Ontem, o clube e o paraguaio chegaram a um acordo para a renovação, mas a inscrição na reta final do Campeonato Paulista ainda depende da assinatura do contrato e da regularização do jogador na CBF – trâmite necessário para ele ser registrado na Federação Paulista. Pelas quartas-de-final do Paulistão, o Palmeiras enfrenta o Santo André nesta terça-feira, 28, às 21h30, no Allianz Parque.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.