Classificados

VÍDEOS

Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

09/02/2024

Nilso Moreira espera maior apoio da torcida

Imagem/Arquivo DIÁRIO
Detalhes Not�cia
Nilso esperava um público, no mínimo, cinco vezes maior do que na partida contra o Joseense

Depois de conquistar a primeira vitória no Paulistão da Série A-4, superando o Joseense por 3 a 1, o Penapolense deveria estar “em festa”, mas esse não é o caso do presidente Dr. Nilso Moreira. 
Após o jogo, o mandatário deu uma declaração preocupado com os baixos públicos nos dois primeiros jogos em casa, no Estádio Municipal Tenente Carriço, apontando o déficit financeiro gerado e ameaçando repensar o projeto do clube de retornar às primeiras divisões do Estado de São Paulo.
“Fizemos um grande jogo, mas a decepção foi por conta da torcida. Foram pouco mais de 200 torcedores, e o jogo teve um déficit de 4.5 mil [reais]. Vamos repensar o projeto de subir para divisões superiores, porque Penápolis não comporta futebol profissional auto sustentável”, contou Moreira ao Portal Futebol Interior.
Ele esperava um público, no mínimo, cinco vezes maior do que na partida contra o Joseense. 
Na estreia, quando a equipe foi derrotada pelo Rio Branco por 1 a 0, 500 torcedores marcaram presença nas arquibancadas. Depois do segundo jogo, que terminou empatado por 1 a 1 contra o Nacional, na capital paulista, a Pantera voltou a jogar em casa e viu um público ainda menor (200 pessoas). Mesmo assim, conquistou o primeiro triunfo oficial do ano. Nilso explicou a preocupação de forma mais detalhada.
“A expectativa era de que a gente colocasse pelo menos mil torcedores em cada jogo, iniciasse com mil torcedores, até 1.500, 2.000. E nós estamos com problema na iluminação; assim que sanarmos esse problema, nós vamos adequar um melhor horário para que a gente consiga levar esses torcedores. Sem isso, é inviável manter futebol profissional em São Paulo, nós estamos repensando aí. Vamos lutando, lutando, lutando, trabalhando, fazendo marketing para ver se a gente consegue reverter, né? Isso desanima a gente. Fazer jogos com público bem baixo desmotiva até mesmo os jogadores que entram em campo”, explicou.
A vitória sobre o Tigre do Vale deixou a equipe na sétima colocação – dentro do G8, zona de classificação, com quatro pontos.
O próximo compromisso do Penapolense será contra a Francana, às 16h deste sábado (10), novamente no Tenente Carriço. 

(Com Futebol Interior)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade