Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

11/10/2013

Neymar leva pancada, deixa treino e preocupa para jogo com Coreia do Sul

Reprodução
Detalhes Not�cia

Se já não poderá mandar a campo, diante da Coreia do Sul, em amistoso neste sábado, o time considerado titular da Seleção Brasileira (por causa das ausências de Julio Cesar e Thiago Silva, machucados), o técnico Luiz Felipe Scolari corre o risco de ter mais um importante desfalque para a partida contra a seleção asiática. Na quinta-feira, em treinamento realizado na cidade de Paju, a 60 km da capital sul-coreana, Seul, Neymar levou a pior em uma dividida com Hernanes, deixou o treino mais cedo e virou preocupação para o confronto deste fim de semana. A jogada aconteceu ainda no primeiro tempo do coletivo tático comandado por Felipão. Neymar dividiu bola com Hernanes, levou a pior e ficou estirado no gramado com dores no quadril. O atacante saiu de campo observado pelo médico Edilson Thiele, do Atlético/PR, e pelo massagista Deni. Ele será reavaliado pelo departamento médico para saber se terá condições de atuar no fim de semana, mas, em um primeiro momento, tem boas chances de entrar em campo para o amistoso. Apesar disto, a notícia não deverá ser bem recebida pelo Barcelona, que às voltas com os problemas físicos de Messi, agora terá que se preocupar também com seu outro principal jogador no setor de ataque. O curioso é que, minutos antes de Neymar ser atingido, David Luiz também levou a pior e sentiu dores após disputa com Hernanes. O zagueiro do Chelsea, entretanto, não deve ser problema para a partida contra a Coreia do Sul. Neymar, por outro lado, tem chances de ser ausência. Caso ela se confirme, aliás, será a primeira do jovem da Seleção Brasileira por causa de lesão. A única vez em que ele desfalcou o selecionado canarinho, nos amistosos contra Irã e Ucrânia, em outubro de 2010, foi devido a uma ‘punição’ do treinador Mano Menezes após discussão de Neymar com o então técnico do Santos, Dorival Junior, em plena partida do Peixe contra o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade