Classificados

VÍDEOS

Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

09/06/2012

JUDÔ: Penapolense disputa o Grand Slam do Rio neste sábado

O judoca penapolense Breno Alves já está concentrado com a Seleção Brasileira em Niterói (RJ) para a disputa do Grand Slam 2012, etapa brasileira do Circuito Mundial da FIJ (Federação Internacional de Judô) e que acontecerá hoje, 9, e amanhã 10, na cidade vizinha do Rio de Janeiro, no Ginásio do Caio Martins. O bairro de Camboinhas é o quartel-general do judô brasileiro no evento. A seleção verde-amarela chegou na quinta-feira à região oceânica e faz o treinos finais visando o evento deste sábado, às 11h. Entre os brasileiros convocados para o Grand Slam 2012 estão os campeões do evento em 2009, Daniel Hernandes, e em 2010, Hugo Pessanha, além da medalhista olímpica Ketleyn Quadros. A seleção que lutará as Olimpíadas de Londres 2012 foi poupada do torneio pela comissão técnica da CBJ. “O Grand Slam 2012 é o pontapé inicial para o ciclo olímpico para as Olimpíadas do Rio 2016. Convocamos vários atletas jovens, que terão a chance de disputar um evento de alto nível e ganhar experiência internacional”, explica o coordenador técnico internacional da Confederação Brasileira de Judô, Ney Wilson.
Para o penapolense Breno Alves (categoria ligeiro – 60kg), que acabou ficando de fora da disputa dos Jogos Olímpicos, o Grand Slam do Rio é encarado como o início de um novo ciclo de objetivos. “Infelizmente, me faltou alguns pontos para que estivesse nas Olimpíadas deste ano, mas agora é traçar novas metas e continuar buscando meu sonho olímpico (2016), e neste Grand Slam do Rio, meu objetivo é conquistar medalha e continuar entre os 22 primeiros do ranking mundial, mesmo sabendo que na teoria os atletas georgianos são apontados como os favoritos”, declarou Breno. Entre os estrangeiros, destaque para a equipe da Geórgia, que contará com o campeão olímpico Irakli Tsirekidze e os campeões mundiais Varlam Liparteliani e Avtandil Tchrikishvili. A medalhista olímpica Ilse Heylen, da Bélgica, será uma das estrelas do Grand Slam na disputa da categoria até 52kg. Outra medalhista olímpica inscrita no evento é a argentina Paula Pareto (48kg). Já os Estados Unidos contarão com a campeã mundial e uma das principais rivais de Mayra Aguiar, Kayla Harrison (78kg). A colombiana Yuri Alvear (70kg), ouro no Mundial de 2009, também está na lista. Segundo a programação oficial do Grand Slam, o evento terá início às 11h, e a disputa por medalhas a partir das 17h, com transmissão ao vivo da Rede Record e do  canal Sportv2. No sábado lutam os atletas das categorias 48 kg, 52 kg, 57 kg, 63 kg, 60 kg, 66 kg e 73 kg. Amanhã, 10, entram no tatame os judocas do 70kg, 78kg, +78kg, 81kg, 90kg, 100kg e +100kg. O evento tem participação prevista de 25 países e 162 atletas. 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.