Classificados

VÍDEOS

Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

02/06/2020

Jadson diz que saída do Corinthians foi esquisita e não esconde mágoa

Jadson não fez parte dos planos do Corinthians para 2020 e, por isso, foi liberado. O meia ficou perto de acertar com o Coritiba, mas a negociação não se concretizou. O jogador está atualmente sem clube. Em participação no Caioba Game Show ontem, 1, ao lado de Emerson Sheik, ele não negou a chateação com o Timão. “Com a pandemia, meu empresário tem visto coisas nos Emirados Árabes, espero que concretize. Quero terminar por cima. A forma como foi no Corinthians eu não achei justo. Eu e Ralf. Mas a vida segue e vamos voltar a jogar futebol. Foi esquisito. Até conversei com meus pais, minha esposa. Isso aí tem que deixar para trás, a vida dá voltas. A forma que a gente foi tratado... As pessoas que fizeram isso... Colhem o que plantam. Amanhã vão passar por isso que passei. Saí de cabeça erguida e dever cumprido. Consegui títulos lá. A vida segue, procurar um novo clube e conquistar”, disse. Jogador do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, de 2005 a 2011, Jadson fez questão de elogiar e agradecer o reconhecimento que recebe até hoje do clube ucraniano. “Sempre trabalhei sério, por isso tive respeito por todos os clubes. Pela equipe do Shakhtar, o reconhecimento, carinho do clube, os torcedores, é muito grande. Todo ano recebo uma carta com assinatura do presidente. É carinho e reconhecimento. Por tudo que fiz lá, é o clube que tem mais respeito por mim. Corinthians, é claro, tive a satisfação de vestir a camisa, é um dos maiores do Brasil se não o maior. Tive a chance de vestir a camisa e ser campeão. Vou torcer muito pelo Corinthians mesmo não estando mais lá”, concluiu.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.