Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

01/08/2020

Jô compara Corinthians atual com a "quarta força" de 2017

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
Jô comparou a atual equipe comandada por Tiago Nunes com o time campeão paulista de 2017

De volta ao Corinthians, Jô reestreou com gol e classificação nas quartas de final do Campeonato Paulista. Ontem, em entrevista coletiva virtual, o atacante comparou a atual equipe comandada por Tiago Nunes com o time campeão paulista de 2017, que na época recebeu a marca de quarta força. Igual a equipe de Fábio Carille, o atual elenco teve dificuldades para se classificar ao mata-mata do Estadual, mas avançou e chegou mais forte à reta final. “Acho que quem trabalha no Corinthians e joga há muitos anos aqui sabe que o Corinthians sempre foi assim, sempre foi cobrado, sempre esteve sob pressão. Em 2017 houve esse episódio de quarta força, mas nós profissionais pegamos isso como combustível, tentando mostrar para todo mundo que tem que ter respeito entre profissionais", contou Jô. "Esse ano volta o mesmo episódio e a gente continua com a mesma mentalidade. Eu procuro conversar com todo mundo, com os pés nos chão, com a humildade que estamos tendo. É com o trabalho que estamos fazendo no dia a dia que vamos chegar longe", completou. O Timão voltou da paralisação no terceiro lugar do grupo D, mas venceu suas duas últimas partidas e contou com tropeços do Guarani para avançar. Nas quartas, eliminou o Red Bull Bragantino, que tinha a melhor campanha do torneio, e agora se prepara para enfrentar o Mirassol nas semifinais. 'Claro que isso (favoritismo) tem que ficar externamente, a gente não pode trazer internamente. É evitar entrar na empolgação de torcedores, claro que a gente agradece o apoio, mas deixa para fora. O Corinthians é o Corinthians e chega em qualquer competição com o dever de ganhar e a gente tem que ter isso na cabeça, mas trabalhar sempre com os pés no chão", disse. “A gente tem que sempre tirar o que foi de bom do passado. Se tem algumas semelhanças com 2017 a gente fica feliz, mas é um grupo completamente diferente, são momentos diferentes, até por tudo que estamos vivendo, mas algumas lições a gente tira de 2017", completou o atacante.  Corinthians e Mirassol entram em campo neste domingo, às 16h00 (Brasília), na Arena Corinthians, pelas semifinais do Paulista. A disputa acontece em jogo único, em caso de empate a decisão vai para os pênaltis.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.