Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

09/06/2021

Corinthians tenta feito inédito contra o Atlético/GO

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia

O Corinthians de Sylvinho buscará um feito inédito em sua história de 160 jogos na Copa do Brasil. O Timão nunca conseguiu reverter uma derrota por dois ou mais gols com o segundo jogo do confronto fora de casa, como acontecerá nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), diante do Atlético/GO, em Goiânia. Na ida, há uma semana, o Dragão venceu por 2 a 0. O time paulista precisa vencer por três gols de diferença para se classificar no tempo normal – ou por dois para levar a decisão aos pênaltis. Vale a classificação para as oitavas de final. Nas duas vezes em que conseguiu reverter resultados semelhantes e levar a vaga, o segundo jogo aconteceu em São Paulo. A primeira vez foi em 2005 contra o Cianorte. No Paraná, a então desconhecida equipe venceu por 3 a 0. O Timão fez 5 a 1 no Pacaembu e foi para as oitavas. A outra reação emblemática do Corinthians aconteceu em 2008, no ano da Série B. Nas oitavas, o Goiás venceu o Timão por 3 a 1 no Serra Dourada. No Morumbi, o time de Mano Menezes venceu por 4 a 0, em partida que ficou conhecida como "jogo da uva", pois o goleiro Felipe comemorou comendo uvas verdes em resposta a uma provocação de um dirigente do Goiás, que ironizou a camisa roxa do Timão. Houve uma terceira vez em que o Timão conseguiu o placar que, pelo regulamento da edição de 2021, levaria a decisão para os pênaltis. Foi em 1989, logo na primeira disputa do torneio. Nas oitavas, o Corinthians perdeu para o Flamengo por 2 a 0 no Rio de Janeiro, com um gol de Zico. Em São Paulo, o Timão de Neto venceu por 4 a 2, mas foi eliminado pelos gols marcados fora de casa pela equipe visitante. Júnior fez o da classificação rubro-negra aos 42 minutos do segundo tempo.

Outras eliminações
Em 1992, em sua terceira participação, o Corinthians enfrentou o Internacional nas oitavas e levou um impactante 4 a 0 em pleno Pacaembu. Em Porto Alegre, só conseguiu segurar um 0 a 0. Dois anos depois, novo confronto com um time gaúcho. Nas oitavas, o Timão perdeu por 2 a 0 para o Grêmio de Felipão em Porto Alegre. Na volta, o empate por 2 a 2 eliminou o Corinthians. Campeão em 1995 contra o mesmo Grêmio, o Timão voltou a disputar o torneio em 1996 e caiu nas quartas diante do Cruzeiro. Em Minas, derrota por 4 a 0. Na volta, uma insuficiente vitória por 3 a 2. O mesmo Cruzeiro voltou a fazer um resultado assim nas oitavas de 1998: venceu por 3 a 1 em Belo Horizonte e, na volta, segurou o empate por 1 a 1 com o Timão em São Paulo. Foi também em 1999 que o Timão parou diante do Juventude nas oitavas de final após perder o primeiro jogo por 2 a 0 em Caxias do Sul. Na volta, nova derrota, desta vez por 1 a 0.

Vantagem tirada
Tricampeão da Copa do Brasil, o Timão viveu situações em que fez uma vantagem de dois ou mais gols, mas viu o adversário reagir. Em 1997, venceu o Juventude por 2 a 0 na primeira fase e depois viu o time gaúcho repetir o placar em Caixas do Sul. Nos pênaltis, porém, deu Timão por 5 a 3.
Em 2005, nas oitavas de final, a sorte esteve do outro lado. Depois de vencer o primeiro jogo por 2 a 0, o Timão visitou o Figueirense e levou os mesmos 2 a 0. Nos pênaltis, Carlos Alberto, Sebá e Roger erraram, e o Figueira fez 3 a 2. Três anos depois, o Timão perdeu um título depois de vencer o primeiro jogo por 3 a 1. Foi contra o Sport. Na Ilha do Retiro, o Leão fez 2 a 0 e ficou com o caneco pelo gol feito fora de casa. O Corinthians voltou a sofrer uma situação assim nas quartas de 2014. Em casa, fez 2 a 0 no Atlético/MG. A volta em Belo Horizonte foi desastrosa: Guerrero fez 1 a 0, mas o Timão levou a virada. A derrota por 3 a 1 ainda dava a vaga pelo gol fora, mas Edcarlos fez 4 a 1 aos 43 minutos do segundo tempo. 

O confronto será transmitido pela TV Globo (SP, GO, PE, AP, RR, AC, RO, AM, PA, MA, AL, BA, MT, MS, TO, PR, RS e DF), Sportv e também pelo Premiere (pay-per-view).

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade