Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

04/08/2020

Corinthians deseja evitar testes de Covid-19 e acusa Palmeiras de descumprir protocolo

O Corinthians não pretende fazer os testes de Covid-19 em seu elenco antes das finais do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras. O presidente Andrés Sanchez manifestou a recusa em reunião ontem com o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, e o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte. O Timão divulgou um comunicado alegando que "cumpriu o confinamento de seus atletas e comissão técnica", conforme "protocolo elaborado pela Federação Paulista de Futebol e seu comitê médico, aprovado e exigido pelo Governo do Estado de São Paulo, Prefeitura de São Paulo e prefeituras de todas as cidades dos clube participantes". A equipe alvinegra ainda atacou o Palmeiras, afirmando que seguiu "à risca o acordo, diferentemente da Sociedade Esportiva Palmeiras, que descumpriu e liberou seus atletas depois de cada partida, o que nunca foi permitido". O Verdão é contra a ideia do Corinthians e deve manter a programação de testes nos jogadores nas vésperas dos jogos. "Não aceitamos que o ônus da irresponsabilidade seja transferido para quem cumpriu todos esses requisitos. A diretoria do Timão ressalta ainda que nenhuma tentativa de tumultuar o ambiente será admitida e repudia a prática que se repete há três anos, quando a equipe chegou às finais do Estadual consecutivamente", diz o documento. O presidente Andrés Sanchez, inclusive, republicou a nota cutucando o rival. "A Federação não pediu para o Corinthians refazer os testes. Sabem por quê? Porque cumprimos TODOS os protocolos. Falem com quem descumpriu", escreveu o mandatário. O protocolo de retomada do Paulistão não estabelece a obrigatoriedade dos exames, mas fala em grupos "previamente testados" e exige a concentração das equipes. O diretor médico da FPF, Moisés Cohen, ficará responsável por decidir sobre a questão dos testes antes das partidas decisivas do torneio. Internamente, a Federação entende que ambas equipes agiram de maneira correta. Isso porque Corinthians vem se mantendo em confinamento desde a volta da competição, enquanto o Palmeiras realiza os exames nos jogadores antes de todos os confrontos, apesar de liberar os atletas após as partidas. 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade