Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

13/06/2021

Copa América começa neste domingo

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
A abertura da Copa América esta prevista para este domingo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília

Começa oficialmente neste domingo, 13, a Copa América 2021. O jogo de abertura será entre a Seleção Brasileira e a Venezuela no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 18h. Disputada pelas 10 seleções da América do Sul, o torneio chegou ao Brasil de última hora e com muita polêmica. A Copa América seria disputada pela primeira vez em sua história em dois países, Argentina e Colômbia, entre 13 de junho e 10 de julho. Porém, a Colômbia desistiu de ser uma das sedes em 20 de maio, após semanas de protestos contra o governo do presidente Iván Duque. Já a Argentina deixou de ser uma das sedes em 30 de maio, devido à piora da pandemia de Covid-19 no país. Equador e Venezuela foram cogitados para receber o campeonato, porém, de maneira surpreendente, no dia seguinte da desistência da Argentina, o Brasil foi anunciado pela Conmebol como sede. Com média diária de 1.900 mortes, mais de 480 mil óbitos e apenas 11% da população imunizada com as duas doses da vacina, o anúncio foi recebido com críticas por infectologistas, entidades e parlamentares de oposição. Mesmo assim, o torneio foi bancado pelo governo Bolsonaro, com a justificativa que outras competições de futebol, como o Brasileirão e Libertadores, estão sendo realizadas no país. A polêmica da realização da competição foi parar no Supremo Tribunal Federal, que autorizou a competição. 

AFASTADO
No meio da organização do torneio, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Rogério Cabloco, foi afastado do cargo após denúncia de assédio sexual. Caboclo foi quem procurou o governo federal para viabilizar a realização da competição. Insatisfeitos por toda a polêmica envolvendo a Copa América, os jogadores da Seleção Brasileira ameaçaram não jogar o torneio, mas voltaram atrás após o afastamento de Caboclo. Os atletas apenas divulgaram uma nota criticando a competição.

PARTICIPANTES
As seleções de Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela vão disputar o título de melhor da América. As seleções estão divididas em dois grupos. O grupo A é formado por Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. O grupo B tem Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela. As equipes jogam contra cada integrante do seu próprio grupo em turno único no sistema de pontos corridos. Os quatro melhores de cada grupo avançam para as quartas de final. Os vencedores irão para as semifinais, também em partidas únicas e que serão disputadas nos dias 2 e 3 de julho. Os perdedores das semifinais disputarão o terceiro lugar, em 9 de julho. Os vencedores farão a grande final, marcada para às 21 h do dia 10 de julho, um sábado. 

SEDES
A Copa América será disputada em quatro cidades: Brasília, Cuiabá, Goiânia e Rio de Janeiro. Nenhuma partida terá a presença de torcida. Os estádios escolhidos foram: Arena Pantanal, Mané Garrincha, Nilton Santos, Olímpico e Maracanã, que receberá apenas a final. Para tentar impedir qualquer tipo de disseminação e aumento de casos e de mortes, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, divulgou, no início da semana, um protocolo de segurança que todas as seleções precisam seguir. As equipes devem contratar um plano de saúde privado. O teste negativo de RT-PCR, considerado mais preciso, é obrigatório até 48 horas antes de cada partida. Os atletas e comissão não podem sair dos hotéis em que vão ficar hospedados e todos os vôos entre as cidades serão fretados, para reduzir o contato com outras pessoas que não fazem parte da competição. De acordo com a Conmebol serão 28 jogos até o dia 10 de julho, envolvendo 650 pessoas, entre jogadores e as comissões técnicas das seleções.

PREMIAÇÃO
Antes de todo o imbróglio sobre a realização da competição, a Conmebol anunciou um aumento na premiação da Copa América, com o campeão faturando US$ 10 milhões (cerca de R$ 57 milhões em conversão direta), além dos US$ 4 milhões (quase R$ 23 milhões) que cada seleção recebe por participar do torneio. Na edição anterior, o campeão levou US$ 7,5 milhões. A premiação é um dos motivos para as seleções concordarem com a realização do torneio em meio a pandemia, além dos jogadores de seleções de menos expressão usarem a competição como vitrine. E mesmo com todo o esforço para fazer com que a competição ocorra, a Conmebol terá prejuízo com o campeonato. A entidade estima que, sem público e sem a participação das convidadas Austrália e Catar, o torneio dará um prejuízo de US$ 30 milhões. Além do prejuízo estimado, a Conmebol viu marcas como Ambev e Mastercard decidirem não ativar o patrocínio durante a competição. Os contratos, no entanto, não foram cancelados.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2022 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade