Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

23/06/2020

Com dez casos de Covid-19, time de Marta anuncia saída da Challenge Cup

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
O Orlando Pride, time das brasileiras Marta e Camilinha, anunciou que não vai disputar o torneio Challenge Cup

O Orlando Pride, time das brasileiras Marta e Camilinha, anunciou ontem que não vai disputar o torneio Challenge Cup porque seis jogadoras e quatro membros do departamento de futebol deram positivo para Covid-19 nos testes realizados na equipe semana passada. O comunicado oficial sobre a saída do torneio, o Orlando Pride limitou-se a confirmar que houve resultados positivos na equipe, sem informar a quantidade, revelada em uma nota publicada no site da National Women's Soccer League (NWSL), organizadora da Challenge Cup. "A NWSL anunciou que seis jogadoras e quatro membros do departamento de futebol do Orlando Pride testaram positivo para Covid-19. Seguindo os protocolos da NWSL, uma segunda rodada de testes serão feitos para confirmar os resultados iniciais. Devido ao número de testes positivos, e o tempo necessário para retorno aos treinos e competição, o Orlando Pride desistiu de disputar a NWSL Challenge Cup", diz a nota da NWSL. A competição, que terá início no próximo sábado, será disputada integralmente em Utah e marca o início da temporada do futebol feminino nos Estados Unidos. O elenco do Orlando Pride não chegou a viajar para a sede do torneio. A Flórida, onde fica a cidade de Orlando, acaba de se tornar o sétimo estado americano a ultrapassar a marca de 100 mil casos de Covid, com 3.173 mortes registradas, de acordo com informações divulgadas nesta segunda pelo Departamento Estadual de Saúde. No último sábado, foram registrados 4.049 novos casos, recorde diário no estado. Segundo o governador Ron DeSantis, o aumento nos casos se deve ao maior número de testes sendo feitos na Flórida. Os Estados Unidos são líderes mundiais em casos (2,2 milhões) e mortes (119 mil) por Covid-19, segundo a Organização Mundial de Saúde. Em seu site, o Orlando Pride afirmou que todos no clube estão assintomáticos, e que a franquia tomou a decisão de se afastar voluntariamente da competição para preservar "a saúde e a segurança de jogadoras, outros profissionais e do restante do torneio". O centro de treinamento da equipe foi isolado para desinfecção, e as jogadoras e membros da comissão técnica entrarão em quarentena de 14 dias. O campeonato americano feminino deveria ter começado em abril mas foi adiado por causa da pandemia de coronavírus. Ainda sem definição sobre a realização da competição em 2020, a NWSL criou a Challenge Cup, um torneio curto, realizado em uma só cidade, com todas as nove equipes que disputam a NWSL. A nova tabela, sem o Orlando Pride, ainda não foi divulgada.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.