Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

23/02/2007

CAP: Quatro jogadores já se apresentam no Tenentão

O estádio municipal Tenente Carriço ganhou vida ontem com a chegada dos primeiros quatro jogadores que comporão o plantel do Clube Atlético Penapolense no Campeonato Paulista da 2ª Divisão deste ano. Nesta sexta-feira, 23, está prevista a chegada de mais 11 jogadores. Se isso acontecer o técnico Roderlei Pachani já deverá comandar o primeiro coletivo do time amanhã, 24, no período da manhã.

O goleiro Tiago Pinheiro Amaral, 22 anos, foi o primeiro a chegar no Tenentão. Com 1,85m e vindo de Curitiba/SP, Tiago já atuou no Toledo/PR, Engenheiro Beltrão/PR e União da Vitória/PR. O arqueiro veio por indicação do técnico Pachani.

No período da tarde chegaram o lateral-direito Anderson e o meio-campista Andrews. Anderson Conceição Silva tem 19 anos de idade e sua principal característica é a marcação. Oriundo do estado de Mato Grosso do Sul e com 1,72m, o lateral já passou pelo USC/RS e ACERC/MS, entre outros. Já o volante Andrews Giovani, 18 anos, é natural de Capão Bonito/SP. Com 1,72m e tendo a marcação como ponto forte, o jogador já atuou no Ellus Sports e Comercial de Registro. No início da noite foi a vez do zagueiro Alan dos Reis de Oliveira, 21 anos, se apresentar no Tenentão. O jogador tem 1,89m e já jogou no Vitória da Bahia, Fluminense de Feira de Santana e XV de Jaú,

Os jogadores que deverão chegar nesta sexta-feira, 23, são os seguintes: Lucas, 22, meia; Chacal, 22, zagueiro; Pica-Pau, 22, meia; Éder, 22, volante; John, 21, zagueiro; Eduardo, 20, zagueiro; Rômulo, 19, lateral-direito; Flávio, 19, atacante; Alessandro, 19, atacante; Everton, 18, atacante e Douglas, 24, lateral-direito.

 

 

Pachani diz que CAP jogará no ataque

O técnico do Clube Atlético Penapolense, Roderlei Pachani, 38 anos, se apresentou ontem no estádio municipal Tenente Carriço afirmando que o CAP terá um time ofensivo no Campeonato Paulista da 2ª Divisão que terá início no dia 8 de abril.

“Costumo armar minhas equipes com mais homens de frente para manter a bola no ataque”, disse. Para ele, com essa postura o time pode até sofrer gols, mas, também terá condições de marcar”, revelou.

O treinador capeano confirmou que pretende comandar o primeiro treino coletivo amanhã, 24, no Tenentão. “Até a próxima terça-feira, 27, quero realizar coletivos para avaliar os jogadores que virão para testes”, disse. A intenção de Pachani é trabalhar com um grupo de 25 atletas.

Pachani disse ainda que o CAP vai inscrever os três jogadores com mais de 23 anos permitido pelo regulamento. Um deles será o lateral-direito e volante Douglas, 24 anos, que subiu para a Série A-3 com o Taboão da Serra. Os outros jogadores a serem contratados serão definidos em reunião que manterá com o presidente Cláudio Tiradentes. “Acho que precisamos utilizar os jogadores mais experientes na coluna dorsal da equipe, ou seja, na defesa, meio-campo e ataque”, revelou. O jogador de confiança do técnico Pachani será o meio-campista Eder, 22 anos. “Ele é diferenciado e há três anos está no América Mineiro. Além de excelente marcador, ainda aparece bem no auxílio ao ataque”, disse. Eder já teve passagens pela Seleção Brasileira – Categorias Sub-15 e Sub-17.

Numa avaliação superficial, Pachani acha que o CAP está fazendo parte do grupo mais difícil da 2ª Divisão. “Jaboticabal, Barretos, Batatais e José Bonifácio costumam montar bons elencos, mas, acredito no potencial técnico do CAP”, afirmou.                                                             

 

O técnico

Roderlei Pachani tem 38 anos de idade e jogou profissionalmente no gol até 1995. Depois disso dirigiu o Ji-Paraná, Asa de Arapiraca, União Suzano, Jacareí, Santacruzense e Osasco. Seu último clube foi o Comercial de Registro, em 2005. Há 10 anos na função, Pachani ainda não conquistou nenhum título. Ele atribui isso ao fato de nunca ter iniciado o trabalho numa equipe desde o início. “Nessas equipes sempre cheguei depois que elas estavam montadas e não tive oportunidade de implantar o trabalho que desejava. O CAP será o primeiro time que terei esta chance”, disse. O preparador-físico do Pantera da Noroeste será Fábio Vigneron. 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade