Classificados

VÍDEOS

Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

05/07/2014

Brasil passa pela Colômbia e vai pegar a Alemanha na semi

Reprodução
Detalhes Not�cia
O zagueiro Thiago Silva abriu o marcador para o Brasil

Se não chegou a    jogar por música, foi a Seleção Brasileira que ditou o ritmo da partida contra a Colômbia no final da tarde de ontem, 4, no Castelão. O time do técnico Luiz Felipe Scolari impediu o adversário sul-americano de comemorar mais uma vitória com danças à beira do campo, como tem feito em toda a Copa do Mundo. Garantiu o 2 a 1 no placar com gols dos zagueiros Thiago Silva e David Luiz, para arrancar lágrimas de alegria da torcida local e confirmar a vaga na semifinal contra a Alemanha. O artilheiro James Rodríguez descontou, de pênalti. Jogador mais criticado por chorar com as emoções da dramática classificação contra o Chile, coube justamente a Thiago Silva completar uma cobrança de escanteio de Neymar no princípio do primeiro tempo e abrir o marcador. A jogada deu paz para a Seleção Brasileira controlar a partida contra a Colômbia e ampliar no segundo tempo, através de falta cobrada por David Luiz, pouco depois de a arbitragem anular um gol de Mario Yepes por impedimento. Os colombianos até esboçaram uma reação com o pênalti batido por James, mas não o suficiente para forçar a prorrogação. A classificação faz o Brasil ganhar confiança para alavancar uma campanha que começou de forma controversa, com um contestado pênalti sobre Fred na vitória por 3 a 1 sobre a Croácia, e continuou com um frustrante empate sem gols com o México. A animação agora passa a ser a mesma da goleada por 4 a 1 sobre a frágil equipe de Camarões, apesar das preocupações momentâneas que a disputa de penalidades com o Chile provocou. A barreira emocional das quartas de final também está finalmente superada. Derrotado por França em 2006 e Holanda em 2010, o Brasil não alcançava uma fase semifinal de Copa do Mundo desde 2002, quando se sagrou campeão justamente em cima da Alemanha, adversária da próxima terça-feira, no Mineirão. O time europeu avançou com uma vitória por 1 a 0 sobre os franceses, também nesta sexta-feira, no Maracanã.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.