Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você se preocupa em não compartilhar informações falsas sobre o Covid-19 em redes sociais na internet?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

12/05/2019

Advogado vai à justiça para que Neymar pague R$ 188 milhões

Neymar tem mais um problema na Justiça para resolver. De acordo com o portal Uol, o advogado José Silvério Neto recorreu aos tribunais para tentar obrigar que Neymar pague integralmente o valor cobrado pela Receita Federal.
Neymar havia sido multado pela Receita em R$ 188 milhões, mas um recurso administrativo das empresas que gerem a carreira do jogador conseguiu reduzir o valor. Hoje, a Receita cobra R$ 69 milhões, mas a defesa do atleta afirma que o valor a ser pago é de R$ 8,7 milhões, já que parte da multa já foi paga ao Fisco espanhol.
Para o advogado, o abatimento da multa representaria uma liberação da Receita para que o jogador e seus familiares lesem os cofres públicos, e por isso, como cidadão, ele teria o direito a entrar com a cobrança.
O caso já foi julgado em primeira instância e a Justiça encerrou o processo sem avaliar o mérito, alegando que José Silvério Neto está tentando exercercer uma função que compete apenas aos órgãos de cobrança da própria Receita Federal.
Em 2016 o Fisco espanhol disse que Neymar teria deixado de pagar 9 milhões de euros em impostos no processo de sua transferência do Santos para o Barcelona. Em setembro de 2015 a Justiça brasileira determinou o bloqueio de R$ 188,8 milhões do jogador, valor da multa por sonegação de imposto entre 2011 e 2013 em contratos com o Santos, com empresas de publicidade e na transação para o futebol espanhol.
De acordo com o diário espanhol El Mundo, o brasileiro ainda seria investigado por ter deixado de pagar impostos referentes ao bônus que recebeu do Barcelona antes de sair para o Paris Saint-Germain.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.