Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ESPORTES

11/01/2021

Abatido, Ceni muda o tom e assume erros

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
Ceni já começou a conviver com pressão da torcida após perder a chance de encostar no líder São Paulo pela segunda rodada seguida

A derrota para o Ceará por 2 a 0, ontem (10), no Maracanã, registrou um comportamento diferente de Rogério Ceni. Se na semana passada ele foi condenado por não blindar seu elenco de críticas, usando até palavras mais duras para criticar o desempeno do time, dessa vez ele se colocou na lista de culpados por mais um tropeço rubro-negro e mostrou abatimento ao falar sobre o momento ruim que está distanciando o time do título do Campeonato Brasileiro.
O duelo com o Fluminense, na quarta-feira passada (6), mostrou um Rogério Ceni pouco parceiro de seus comandados. No embalo da polêmica declaração de Arrascaeta, que não via o Flamengo com merecimento para conquistar o bicampeonato, o treinador ressaltou que o time cometeu "erros grotescos" que determinaram a derrota de virada no clássico.
Dessa vez, Ceni falou em um tom de compartilhamento dos erros cometidos em campo. "A culpa é nossa como um todo dentro de campo" e "eu, como treinador, tenho que encontrar soluções" foram algumas das declarações do técnico rubro-negro, assumindo parte da culpa pela segunda derrota consecutiva. "Confortável ninguém se encontra aqui. Nem eu, jogadores e direção", finalizou. (Com Uol)

 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade