Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CARTA DO LEITOR

14/06/2020

M O L E Q U E
Lá vai o moleque descalço
Brincando sem compromisso
Vivendo a vida correndo
Procurando sempre um enguiço.
Moleque, como o invejo!
Quando bate figurinhas...
É livre, muito livre!
Parece as andorinhas.

Faz grandes coisas com um peão
Outras façanhas com papagaio
Joga bolinhas de gude no chão,
Fabrica um arco de basquete com um resto de balaio.
Moleque da vizinha
Do morro ou da cidade
Que caça coelhos e rolinha
Moleque de toda idade.

Joga pedra e pingue - pongue
Anda de bicicleta
Brinca de pique- na- lata
E de mocinho na floresta.

Moleque levado e faceiro
Que foge da aula na escola
Brinca,  brinca o ano inteiro
Só é aprovado pela cola.
Guri que vende garrafas
Moleque que constrói avião
Que paquera as menininhas
E escreve besteira no chão.

Moleque travesso e atrevido
Que precisa de carinho
Brinca na terra de carrinho
Como você é vivido!

Moleque sapeca
Moleque menino
Que faz diabruras
E joga peteca.

Moleque que só diz besteira...
Com o bolso furado
De shorts manchado
Que vive de asneira.

Moleque inteiro
De sardas no rosto
Que não tem dinheiro
Mas vive com gosto

Moleque ligeiro
Que salta, esconde e nada
Vive cheio de companheiros
A explorar aquela estrada!!

Moleque bom de bola
De camisa furada
Não tem bolsa, só sacola.
Até brinca de espada!

Moleque, moleque...
Cheio de malícias
Chupa cana, chupa os dentes
E vende jornal com notícias.

Sabe andar a cavalo
E pegar periquitos
Enfrenta o cão raivoso
Até caça mosquitos!

Moleque,
Vamos trocar de vida?
Você vira eu,
E eu viro você?

Poesia do Livro ANDARILHO de Álvaro de Favari
Professor e Poeta: Autor dos livros: 
Triângulos, Lua de Sangue e Anjo Escondido.

Poesia do Livro ANDARILHO de Álvaro de Favari

Envie seu artigo para o "Carta do Leitor"

Envie-nos, atrav�s do e-mail carta@diariodepenapolis.com.br sua mensagem com cr�ticas, sugest�es ou para discutir algum assunto de interesse p�blico. A mensagem dever� conter seu nome completo, RG e endere�o de e-mail v�lido.

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.