Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você tem algum cuidado ao participar de grupos e conversas no WhatsApp?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CARTA DO LEITOR

14/04/2019

Crise empresarial em Penápolis

Penápolis não pode perder sua grandeza, trabalhei em Fernandópolis, na época a mesma tinha 20 mil habitantes atualmente de acordo com os viajantes fala a cidade cresceu o dobro de Penápolis.
Exemplo:
No dia 10 de abril de 2018, quarta-feira, aproximadamente às 7h00 uma jovem moça me procurou no meu comércio, a mesma estava desesperada a procura de uma vaga de emprego e isso se repete todos os dias, essa quantidade poderia ser menor, uma família de investidores de Penápolis, estão montando uma empresa na cidade, entretanto não é suficiente para a alta demanda de vagas de emprego.
Nossa prefeitura, vereadores e a secretaria de indústria e comércio deveria anunciar nossa cidade para empresários do Brasil inteiro, para que empresas possa se instalar na cidade, a mesma deveria construir barracões e galpões com comodato de 20 anos de uso contendo estacionamento de caminhões.
Com esses barracões e galpões que a prefeitura deixou de construir, protelou consequentemente o aumento nas vagas de empregos, em Anhembi em São Paulo, existem feiras de empresários e empreendedores o ano todo, a prefeitura deveria montar um stand apresentando a nossa cidade para o estado e país atraindo investidores de diversos ramos.
Exemplo:
A companhia Açucareira campestre uma indústria tradicional, conhecida há muitos anos em Penápolis e região, quando era menino eu já ouvia falar da usina, foi uma das maiores empresa da Região Noroeste, gerava muitos empregos e ICMS, mas atualmente a mesma esta apodrecendo, há rumores que a nova gestora está retirando os maquinários e depreciando o local, até a igreja do local está abandonada, houve um equívoco na política de gestão da usina ou não houve interesse de administrar. Com essa crise na usina vimos muitas casas que outrora funcionários da mesma as ocupavam, e agora estão desocupadas, gerando uma crise no setor imobiliário, observamos muitos jovens a procura de emprego, pois não existe oportunidade e muitos vão embora da cidade e ela continua com 63 mil habitantes ou irá diminuir. 
Antigamente em Penápolis existia a AEP (Associação dos empresários de Penápolis) cujo eu era o presidente, nessa ocasião o prefeito era o Dr. Firmino, que mandava um assessor em todas as reuniões o representar e ajudar, os que mais frequentavam a AEP era os Irmãos Colnaghi, Midori, Acácio, Retesp, Sacotem, In memorian Salman e entre outros, com essa associação Penápolis obteve muitos avanços exemplo é o asfalto das ruas do parque industrial, existia uma mensalidade de R$ 30,00, entre esse grupo de empresários era debatidos todos os assuntos pertinentes à melhoria do município, nem isso Penápolis tem mais, uma associação dos empresários ajudaria a dar sugestões ou fazer críticas ao prefeito e vereadores, ajudar no desenvolvimento de nossa cidade e trazer novidades. Queremos uma cidade melhor e média, com oportunidades para os jovens, com educação e trabalho.

José Carlos Altimari (Zé do Poste), Penápolis/SP, por e-mail

Envie seu artigo para o "Carta do Leitor"

Envie-nos, através do e-mail carta@diariodepenapolis.com.br sua mensagem com críticas, sugestões ou para discutir algum assunto de interesse público. A mensagem deverá conter seu nome completo, RG e endereço de e-mail válido.

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.