Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você verifica o conteúdo que seu filho acessa na internet?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CARTA DO LEITOR

27/02/2019

Era das usinas solares
Moinho parado não puxa água: acordem políticos de Penápolis!

Com ascensão no mercado de geração de energia solar (fotovoltaica), já existem investimentos em várias regiões do estado de São Paulo, porém em destaque a região de Bauru, norte e central do estado. O estado de São Paulo tem ótimos potenciais de geração de energia, onde também atrai mais investidores, pois a radiação média anual chega na faixa de 5.000 a 5.500 Wh/m² por dia, colocando o estado de São Paulo na dianteira em geração de energia solar (ALVES, A. FEREIRA). A concessionaria AES Tiête está apostando suas fichas em energia renovável e de baixo custo para assim aumentar a produção de energia elétrica, pensando nisto a AES Tiête investiu 650 milhões em um complexo solar de Guaimbê, que fica exatamente a 125 km de Bauru, com capacidade de 180 megawatts-pico (MWp). A escolha de Guaimbê foi devido à forte radiação solar na área, segundo o diretor da AES, a expectativa é que até maio de 2020 o complexo esteja funcionamento, valorizando aquela região, gerando empregos, movimentando a economia e o crescimento do município. No mesmo rumo, em Dracena está sendo implantada três usinas fotovoltaicas, sua programação é para começar a operar em setembro de 2019. Um avanço em geração de energia renovável no interior de São Paulo, também para o Brasil, segundo Moussafir CEO da empresa Total Eren no Brasil está previsto um gasto de 300 milhões com o orçamento inicial de 250 mil placas gerando por hora 175 gigawatts/hora por ano. Pierre destaca que o investimento em Dracena será o maior do Brasil, segundo o prefeito de Dracena Juliano Brito Bertolini, as usinas solares irão gerar um grande potencial de empregos em torno de 250 vagas diretas e indiretas, movimentando a economia. Em contrapartida em Lins uma multinacional prevê investir 1 bilhão de dólares em usinas termelétricas, em Davos no fórum mundial econômico, o diretor da multinacional General Eletric (GE) em conversa com o governador de SP João Doria (PSDB) anunciou que pretende investir 1 bilhão de dólares ao longo de 5 anos em Lins, no projeto inicial a usina será as margens da rodovia David Eid (SP-381) à 102 km de Bauru. O projeto visa gerar uma potência energética de até 1.500 megawatts, segundo especialista a instalação dessa usina em Lins será importante para cidade, onde já existe um Gasoduto Brasil-Bolivia, com geração de empregos diretos e indiretos, fazendo de Lins referência em geração de energia Termelétrica. Penápolis precisa de uma associação dos empresários para que os mesmos deem sugestões, pois muitos deles têm grandes experiências no mercado econômico, pois viajam muito pelo país e exterior, trazendo novidades para cidade, são muitos os empresários com vontade de participar dessa associação.

José Carlos Altimari (Zé do Poste), Penápolis/SP, por e-mail

Envie seu artigo para o "Carta do Leitor"

Envie-nos, através do e-mail carta@diariodepenapolis.com.br sua mensagem com críticas, sugestões ou para discutir algum assunto de interesse público. A mensagem deverá conter seu nome completo, RG e endereço de e-mail válido.

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.