Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ARTIGOS

26/05/2024

Tribunal do júri: a voz da sociedade na justiça

Imagem/Arquivo Pessoal
Detalhes Notícia

O tribunal do júri é uma peça central do sistema judiciário brasileiro, destinado a julgar crimes dolosos contra a vida, como homicídio, infanticídio, aborto e induzimento ao suicídio. Esse mecanismo é um exemplo claro da participação cidadã na justiça, onde a sociedade, por meio dos jurados, exerce um papel direto e ativo nos veredictos.

Composição e Funcionamento
O tribunal do júri é composto por um juiz de direito e um grupo de jurados, cidadãos comuns sorteados para essa função. O processo é dividido em duas fases principais:
1. *Pronúncia*: Nesta fase, o juiz avalia se há indícios suficientes para levar o réu a julgamento pelo júri. É uma etapa crucial que determina se o caso prosseguirá para a apreciação dos jurados.
2. *Julgamento pelo Júri*: Na segunda fase, ocorre o julgamento propriamente dito. Os jurados ouvem as alegações da acusação e da defesa, analisam as provas apresentadas e, ao final, decidem pela condenação ou absolvição do réu. Essa decisão é tomada em uma votação secreta, assegurando a imparcialidade e a independência dos jurados.

Princípios Fundamentais
O tribunal do júri é guiado por princípios que garantem a justiça e a democracia no processo judicial:
- *Soberania dos Veredictos*: As decisões dos jurados são soberanas e não podem ser alteradas pelo juiz, exceto em casos muito específicos previstos em lei.
- *Plenitude de Defesa*: A defesa tem ampla liberdade para apresentar todos os argumentos e provas em favor do réu.
- *Sigilo das Votações*: As deliberações dos jurados são secretas, protegendo a integridade e a independência de suas decisões.

Importância Social
O tribunal do júri reforça a noção de justiça democrática, ao envolver cidadãos comuns na administração da justiça. Ele traz transparência e legitimidade ao processo judicial, refletindo os valores e percepções da sociedade sobre crimes graves e suas respectivas punições.
Participar de um júri é um dever cívico que proporciona aos cidadãos uma visão direta do funcionamento do sistema judicial, além de uma oportunidade única de contribuir para a justiça e a ordem pública. É uma experiência que valoriza a opinião da comunidade e assegura que a justiça seja feita de maneira justa e representativa.
Em resumo, o tribunal do júri é um pilar da democracia brasileira, garantindo que a voz da sociedade seja ouvida nos julgamentos dos crimes mais graves e promovendo uma justiça mais humana e participativa.

(*) Drª Ana Carolina Consoni Chiareto, advogada especializada em causas trabalhistas, cíveis, criminais e previdenciárias

Ana Carolina Consoni Chiareto (*)



© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade