Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você concorda com a prorrogação da quarentena por mais 15 dias feita pelo Estado de São Paulo?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ARTIGOS

18/02/2020

Música Sertaneja: Inezita Barroso

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia

Amigo amante da música sertaneja, hoje nossa escrita é sobre a lendária Inezita Barroso, agradecendo nossa amiga jornalista e pesquisadora Sandra Peripato pelo apoio e pesquisa.
Inês Madalena Aranha de Lima nasceu em 04 de março de 1925 no Bairro Barra Funda na capital paulista.
Começou a cantar aos sete anos de idade. Aos nove, já admirava o poeta modernista Mário de Andrade, que morava ao lado de sua casa à Rua Lopes Chaves na Barra Funda, em São Paulo, a quem esperava passar todo dia enquanto brincava de patins. Aos 11 anos, começou a estudar piano.
Inezita fez faculdade de Biblioteconomia, pois tinha verdadeira adoração por livros.
Casou-se na década de 40 com um pernambucano e iniciou sua carreira cantando músicas folclóricas recolhidas por Mário de Andrade, na Rádio Clube do Recife. O nome Inezita Barroso surgiu de seu nome Inês que também era o nome de sua mãe, e Barroso era o sobrenome de seu marido.
Estreou como atriz no filme “Ângela”, de Tom Payne e Abílio Pereira de Al[...]

Luiz Henrique Pelícia (Caipirão) (*)


Quer ler essa notícia na íntegra? Assine o Diário!

Se você é assinante do Diário, autentique-se abaixo e leia a notícia na íntegra.


© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.