Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você aprovou o novo aplicativo de notícias do DIÁRIO DE PENÁPOLIS?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

ARTIGOS

29/08/2019

Parar de fumar pode render quase R$ 1 milhão em 30 anos

Dia 29 de agosto é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Além dos benefícios à saúde, parar de fumar proporciona melhorias para o bolso também. Se a pessoa deixar esse vício, de um maço de cigarro por dia, por exemplo, em 30 anos, chegará a quase R$ 1 milhão.
O cálculo é simples, um cigarro custa R$10,00, em um mês esse valor será de R$300,00. Poupando e investindo esse dinheiro em uma linha que tenha 0,8% ao mês, ajustando esse valor a 5% ao ano (inflação no custo do cigarro), ao fim de trinta anos a pessoa terá poupado R$ 993.349,21.
Poucas pessoas pensam que esse aumento de custo no orçamento mensal das pessoas pesa até mesmo na realização de sonhos. E ao pensar no quanto se perde, com certeza se terá mais um motivo para repensar sobre a importância de acabar com esse vício.
Infelizmente, com os preços atuais, poucas pessoas se dão conta do risco financeiro que isso proporciona. É lógico que esse problema é muito menor do que os físicos, entretanto não podemos negar que esse impacto reflita na economia diária do fumante, especialmente neste momento de crise econômica.

Mais de R$ 60 mil em 10 anos

Uma forma de vermos a importância de parar de fumar para a economia de uma pessoa é analisar que, com os preços atuais do cigarro, se deixar de fumar e investir esse valor (R$ 300,00/mês) em uma poupança, por exemplo, ao final de 10 anos, ela terá R$ 72,7 mil e, ao final de 20 anos, terá R$ 307,6 mil.
Isso sem que contemos os gastos que um fumante terá nesse período com problemas de saúde ocasionado pelo cigarro e com a perda de rendimento no trabalho em função do cansaço que esse vício proporciona.

Gastos com  tratamento 

O ato de fumar não faz só que o viciado perca dinheiro, o tabagismo gera uma despesa mundial de bilhões de dólares por ano, considerando os tratamentos das doenças relacionadas ao tabaco, às mortes de cidadãos em idade produtiva, o maior índice de aposentadorias precoces, o aumento no índice de falta ao trabalho e o menor rendimento produtivo.
Isso é, o cigarro também faz com que os governos tenham menos dinheiro para investir em outras áreas da saúde, o que garantiria uma maior longevidade à toda população. Agora, se você é fumante, imagine: como você estará daqui a trinta anos se continuar a fumar? Sua saúde estará boa? Quanto você terá gasto?
Mas, se as pessoas pararem de fumar hoje e investirem esse dinheiro, daqui trinta anos, além de terem uma qualidade de vida muito maior, ainda terão uma boa reserva financeira. Será que não vale realmente a pena parar de fumar?

(*) Reinaldo Domingos é PhD em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil

Reinaldo Domingos (*)



© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.